Anuncie aqui!

Planalto: Homem é preso por cultivar pé de maconha dentro de casa


O homem de pré-nome Maurício foi preso na Rua Tiradentes – em Planalto – Bahia, acusado cultivar um pé de maconha em sua residência. A prisão do mesmo ocorreu na tarde da última sexta-feira (24). Segundo Maurício, ele cultivava a erva para fazer chá e curar um bronquite. Assista no vídeo acima a entrevista que o acusado concedeu ao site Tito Notícias:

Jaques Wagner deve ocupar ministério no segundo mandato de Dilma


Antes mesmo da presidente reeleita Dilma Rousseff iniciar as consultas para montar a futura equipe de ministros, integrantes da campanha já reconhecem que o primeiro escalão do futuro governo terá nomes com influência no Palácio do Planalto. O principal consenso entre os petistas é em relação ao protagonismo do governador da Bahia, Jaques Wagner. Independente do cargo, ele já é apontado como o principal interlocutor da presidente no segundo governo. Além de ter conseguido a maior vantagem numérica para Dilma (cerca de 2,9 milhões de votos na Bahia), ele é um dos políticos mais próximos de Lula e tem liderança no próprio PT. De perfil conciliador, Jaques Wagner deve ocupar um cargo no Palácio do Planalto, mas ainda não há uma definição. Ele pode ser nomeado para a Secretaria de Comunicação ou ficar na Secretaria Geral da Presidência, se o ministro Gilberto Carvalho deixar o governo. Outra possibilidade seria comandar a Casa Civil, num cenário de deslocamento de Aloizio Mercadante para a Fazenda. Mas internamente, Mercadante teria sinalizado interesse em permanecer no Planalto. Por isso, para o Ministério da Fazenda, no lugar de Guido Mantega, o mais cotado é do ex-secretário executivo da pasta Nelson Barbosa, que também é próximo de Lula. Na pasta do Desenvolvimento, o nome mais forte é do empresário Josué Alencar (PMDB), que tem o apoio do governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Filho do ex-vice-presidente José Alencar, Josué disputou o cargo de senador por Minas nesta eleição. Continue a leitura >>

Dilma recebe 84,81% dos votos válidos em Bom Jesus da Serra

20141026_105229
Assim como no primeiro turno, a presidenta Dilma Rousseff (PT) obteve o maior número de votos no município de Bom Jesus da Serra. A petista recebeu 4.557 (quatro mil quinhentos e cinquenta e sete votos), ou seja: 84,81% dos votos válidos, enquanto Aécio Neves (PSDB) obteve 15,19% da votação, 816 votos. Em Bom Jesus a petista contou com o apoio do prefeito Welton Andrade (PSD). Foto: Bom Jesus Notícias

Deputado estadual paulista, Coronel Telhada sugere independência de Sul e Sudeste

TelhadaRota
Polêmico em suas declarações sobre direitos humanos, o deputado estadual de São Paulo Coronel Telhada (PSDB) destilou frustração com o resultado nas urnas neste domingo (26) sugerindo que o Sul e o Sudeste declarem independência do Brasil. Em um post no Facebook, o policial militar clamou por “um São Paulo livre da corrupção e do PT”. “Já que o Brasil fez sua escolha pelo PT entendo que o Sul e Sudeste (exceto Minas Gerais e Rio de Janeiro que optaram pelo PT) iniciem o processo de independência de um país que prefere esmola do que o trabalho, preferem a desordem ao invés da ordem, preferem o voto de cabresto do que a liberdade. Porque devemos nos submeter a esse governo escolhido pelo norte e Nordeste?”, questionou o tucano. “Eles que paguem o preço sozinhos…”, completou. Nesta segunda-feira (27), o tom adotado foi mais cometido. “É incrível como pessoas mal intencionadas, que se sentem incomodadas com minhas posturas deturpam e mentem sobre minhas palavras. Jamais falei mal do povo nordestino e isso nunca acontecerá…”, ponderou Telhada. “Culpei e culpo pela vitória do atual governo federal os 30.137.317 de eleitores que se abstiveram nessa eleição, com votos brancos, nulos ou simplesmente não votaram. Esses, com essa atitude medíocre, são os verdadeiros responsáveis pelos próximos quatro anos de governo federal”, reclamou o deputado estadual, também em seu perfil no Facebook. Informações do Bahia Notícias

Boa Nova: Vereador é preso acusado de fazer transporte ilegal de eleitores em van

prisão
A Polícia Rodoviária Federal flagrou e prendeu um vereador de Boa Nova, no Sudoeste Baiano, por fazer transporte ilegal de eleitores. Renato Rodrigues dos Santos (PP) levava nove eleitores numa van, que saiu da Zona Rural com destino a sede de Boa Nova. O parlamentar foi liberado durante a noite e vai responder ao processo por transporte ilegal de eleitores. Foto: Portal Bom Jesus Eventos