Anuncie aqui!

Caetanos: Ônibus da Novo Horizonte bate em barranco


Ônibus que faz linha Poções/Caetanos, perde o controle, atinge poste e logo em seguida bate em um barranco ficando preso e interditando a estrada.  No momento do acidente chovia bastante o que deixou a estradas molhada e escorregadia. O acidente aconteceu nesta última quarta –feira (04/02).

Segundo testemunhas, foi somente um susto! Não houve feridos. Após o acidente a empresa enviou outro ônibus para descolar os passageiros até a cidade de Caetanos. Foi solicitada a retirada do ônibus da estrada. Mas até as 22:00 horas do dia 04 de fevereiro ainda não tinha retirado o veículo da estrada. Informações do Portal Caetanos

Mirante: Cidade terá obras em sistema de abastecimento de água

7176670935_7540f41a4d
Andaraí, na Chapada Diamantina, Euclides da Cunha, no nordeste do estado, e Caetité, Guanambi e Mirante, todos no sudoeste baiano, receberam autorização para efetuar obras de construção de sistemas de abastecimento de água. Nesta quinta-feira (5), o Diário Oficial do Estado informou a empresa que fará os trabalhos. Trata-se da Bessa Engenharia Ltda, que concorreu à licitação contra apenas uma companhia, a Pavimak – Pavimentação e Locação de Máquinas Ltda. O montante gasto com os trabalhos está orçado em R$ 2.093.702,98. 

Planalto: Falso dentista é flagrado em atuação, pela fiscalização do CROBA

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.5qAgmf6S5F
Mais um falso dentista foi flagrado em atuação, nesta terça-feira (3), pela fiscalização do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CROBA). O flagra aconteceu na cidade de Planalto, a 473 quilômetros de Salvador. Lindomar Pacheco Alves atuava como profissional há, aproximadamente, 20 anos no município. Segundo informações do CROBA, o acusado atendia de duas a três pessoas por dia. Ao ser pego, Lindomar tentou negar a acusação, mas confessou tudo após os fiscais encontrarem dentes recém-extraídos na lixeira do consultório.
280x497xIMG-20150203-WA0008.jpg.pagespeed.ic.__1SCnd1Cr
“O falso dentista não tem conhecimento técnico e científico. Nesse caso, ele atendia duas ou três pessoas por dia e fazia extrações. Isso sem qualquer análise das condições clínicas do paciente para uma cirurgia dessas”, afirmou um dos fiscais responsáveis pelo flagrante.  O homem foi encaminhado à delegacia e pode ser condenado de seis meses a dois anos de prisão por exercício ilegal da profissão de dentista. Informações do Bahia Notícias