Na manhã desta sexta-feira (25), a Justiça deferiu o pedido de reintegração de posse da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Estudantes terão 24 horas para deixar o prédio da instituição. A ocupação estudantil já passa de um mês. A ação foi movida pelo Movimento estudantil Liberta Uesb, que é contrário a ocupação realizada pelo Movimento Ocupa Uesb. Segundo a decisão, a reintegração terá que ser feita ed forma pacifica no prazo de 24 horas. Caso isto não ocorra, a Justiça definirá a forma de desocupação da instituição, podendo, inclusive, utilizar a força policial.