Aconteceu na manhã do último dia 14 de agosto, no gabinete do prefeito Lúcio Meira, mais uma reunião onde estiveram presentes os vereadores Zé Galo e Marcelo Rodrigues, o secretário de infraestrutura Wanderly Meira, o Gerente Local, Wagner e Gerente Regional da EMBASA, Joselito. Na ocasião foram mencionadas propostas, tais como a construção de uma nova barragem, solução esta que teria que partir de uma ação do estado, juntamente com a prefeitura. Outra solução seria trazer água de mananciais de outros municípios como da Barragem de Anagé por exemplo, outro método com alto custo para o município, o que também teria que ter ajuda do governo do estado.

A proposta mais viável para o momento seria a limpeza da atual barragem do Cipó, solução momentânea que amenizaria esse problema já que aumentaria a sua capacidade de armazenamento. O prefeito Lúcio Meira afirmou que não medirá esforços para buscar essas soluções diante do governo do estado, ou de qualquer outro órgão competente para que possamos ter água o suficiente para abastecer a nossa cidade durante todo o período de estiagem. Joselito afirmou que não é responsabilidade da Embasa a construção ou manutenção de barragens, essa empresa apenas faz a concessão dos recursos hídricos.