O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou um recurso interposto pelo ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), e manteve sua condenação por desvio de verba na Prefeitura. O despacho foi publicado nesta terça-feira (13). Diante da decisão, por ora, o deputado federal eleito Leur Lomanto Jr (DEM) mantém a cadeira na Câmara dos Deputados. Com a manutenção da condenação por crime contra a Administração Pública, conforme já informado, Carvalho permanece inelegível com base na Lei da Ficha Limpa e, assim, não deve assumir o mandato de deputado federal. Ele foi condenado pela Justiça em 2015 a um ano, 11 meses e 10 dias de prisão, acusado de cometer ilegalidades com recursos públicos.

Isaac obteve 100.549 mil votos na eleição do dia 7 de outubro e pediu na justiça a validação dos votos. A decisão ainda cabe recurso no Tribunal Superior Eleitoral. Nem Isaac e nem Leur foram encontrados pelo BNews para comentar o caso. O presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães, afirmou que a agremiação ainda acredita que Isaac obterá vitória na Justiça. “Esperamos que a vontade das urnas sejam respeitadas. Estamos fazendo todo o empenho possível para que ele assuma. São mais de 100.500 votos que devem ser respeitados. Não houve nenhum dolo e nenhum prejuízo ao erário público no processo que foi aberto contra ele”, afirmou ao BNews.