As ações preventivas e repressivas entre as forças de seguranças da Bahia seguem com bons resultados no âmbito da Segurança Pública. Distante a 450 km de Salvador, o município de Poções alcançou a marca de 84 dias sem homicídios. Situada na região sudoeste e com mais de 48 mil habitantes, o último registro desse crime na cidade, ocorreu no dia 28 de outubro de 2018. As polícias Militar e Civil atribuem esse resultado às atividades de mapeamentos realizadas para identificar os locais com maiores índices de ocorrências criminais e às ações sociais. “Estamos em constante aproximação com a população, inclusive, nas áreas rurais. Distribuímos presentes, cestas básicas e promovemos ações para crianças e adolescentes, a exemplo da Ronda Escolar e do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), tudo na tentativa de manter essas pessoas longe da criminalidade”, contou o comandante da 79ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Poções), capitão Alécio de Andrade.

O combate e a prevenção ao tráfico de drogas também são vistos como essenciais intervenções para a redução de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs). Sendo assim, integrantes do Serviço de Inteligênica da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e da 79ª CIPM se reúnem para discutir e traçar futuras operações. Questionada sobre as atividades desenvolvidas que contribuíram para chegar a essa marca, a titular da Delegacia Territorial da 10ª Coorpin, delegada Alessandra Marcia Pereira, recordou a localização de um criminoso considerado de alta pericolusidade na região. Em operação conjunta Ramon Freire, acusado de inúmeros homicídios na região, morreu em confronto com as forças policiais.

Continue Lendo