Um homem entrou em uma igreja evangélica da cidade de Paracatu, na Região Noroeste do estado, e disparou vários tiros de arma de fogo na noite desta terça-feira (21). O ato aconteceu na Igreja Batista Shalom, situada no Bairro Bela Vista. Ele foi identificado como Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, ex-militar das Forças Armadas. No total, quatro pessoas foram mortas pelo atirador. Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito foi até a casa da ex-namorada, Heloísa Vieira Andrade, de 59, onde também estavam a mãe e a irmã dele. Lá, desferiu uma facada no pescoço da ex-companheira.

Depois, o atirador correu para o templo onde efetuou os disparos. Inicialmente, ele matou dois idosos com tiros na cabeça. Instantes depois, pegou outra mulher como refém. A Polícia Militar (PM) chegou ao local da ocorrência e, neste momento, tentou negociar. Contudo, o homem matou a refém. As vítimas mortas na igreja foram identificadas como Rosângela Albernaz, de 50; Marilene Martins de Melo Neves, 52; e Antônio Rama, 67, pai do pastor Evandro Rama, que celebrava o culto no momento da ocorrência.