Anuncie aqui!

Sama suspende suas atividades em Mina de Amianto de Minaçu-GO

Em seu aniversário de 50 anos explorando o amianto em Minaçu, GO a SAMA lava as mãos com a possível crise na saúde da população e, repete o feito de 1967, quando virou as costas para a antiga mina de São Félix aqui na Bahia, em que exploração do amianto durou 30 anos e deixou um passivo ambiental sem precedentes e um problema social ainda maior. Líderes sindicais e políticos de Minaçu, patrocinados pela SAMA defendiam a ausência de perigo para saúde do trabalhador. Defendia a manutenção do uso do amianto indiscriminadamente, mesmo que custasse a vida de quem seu pó respirasse. Nick Barbosa o prefeito de Minaçu chora as pitangas alegando um prejuízo aos cofres de 300 mil mês, e segundo ele que nem era oficial para a prefeitura, era por fora e mais cerca de 900 mil para o custeio de colégio, limpeza pública, jardinagem e hospital. Ainda disse o prefeito que o governador do estado, e os deputados nada estão fazendo para ajudar a população e acha que o amianto poderia continuar sendo extraído e vendido para a Europa, Estados Unidos e Japão. Aí vem aquela velha e conhecida frase, que usamos aqui em Bom Jesus da Serra, ao referirmos a falta de conhecimento e abuso desse expediente, feito pela SAMA e pelos franceses em 1937, onde ainda se discutia a saga de Lampião, “Desinformação mata” Hoje são tantos artigos e notícias em telejornais que causa espanto ouvir de um líder municipal asneiras tão grandes. Um simples clique no google, que tudo aparece na palma das mãos  Os sindicalistas que na época não aceitaram que baixasse o limite de tolerância do anexo 12 da nr-15 de 2f/cc para 0,1f/cc, alegando que seria a decretação branca do amianto branco, estão arrependidos ao sentir a ficha cair.

Brasília: Em reunião com prefeitos, Michel Temer anuncia repasse de R$ 2 bilhões

Mais uma conquista do movimento municipalista! O presidente Michel Temer determinou nesta quarta-feira, 22 de novembro, que até dezembro seja repassado auxílio financeiro de R$ 2 bilhões aos Municípios brasileiros sob a forma do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Mais uma vez, a união, o engajamento e a mobilização dos gestores municipais mostraram que essa é a melhor forma de avançar nas pautas que trazem melhorias aos Entes locais. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, comemorou a conquista. “De tanto bater e bater, a gente conseguiu e teve a compreensão do presidente Temer. Isso demonstra mais uma vez esse espírito de fortalecimento dos nossos Municípios. A gente sabe que foi uma gotinha d’água do que foi dado aos governadores, mas, no ano que vem, vamos continuar esse diálogo com o presidente”, afirmou. O repasse de R$ 2 bilhões corresponde a metade do que foi solicitado de Apoio Financeiro aos Municípios, mas dará fôlego aos Municípios diante da dura crise financeira enfrentada. O valor foi conseguido após negociações do líder da Confederação e dos presidentes de entidades estaduais com o presidente Michel Temer. Ziulkoski também convocou os gestores municipais a estarem em Brasília nos dias 5 e 6 de dezembro. “Nós temos que ser firmes, nós temos que atuar fortes, mas não temos que quebrar ninguém. Portanto, essa unidade é que está nos levando a conquistas. Vamos colocar os Municípios acima de tudo”, finalizou. Enquanto aguardavam o resultado da reunião com o presidente da República, centenas de prefeitos cantaram o hino nacional e gritaram palavras de ordem. Eles também comemoram a derrubada do veto ao Encontro de Contas – mais uma conquista que os mais de dois mil prefeitos celebraram nesta quarta-feira, 22 de novembro.  Em sessão conjunta, deputados e senadores derrubaram, por unanimidade, o veto do Encontro de Contas. Isso foi resultado de mobilização dos gestores municiais que estão em Brasília desde o dia 21 quando iniciaram mobilização pela derrubada do veto do Encontro de Contas pelo Congresso Nacional.

Brasil: Motorista que estourar 20 pontos terá CNH suspensa por 6 meses

Motoristas que estourarem 20 pontos em multas de trânsito perderão a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) agora pelo prazo de seis meses. A regra passa a valer a partir desta quarta-feira (1º). Antes, o limite mínimo era de apenas um mês. O tempo máximo sem habilitação continua sendo de 12 meses. Desde novembro, mudanças na legislação também agravaram alguns tipos de infração, como uso do celular ao volante, que passou do grau médio, de 4 pontos na carteira, para gravíssimo, com 7 pontos. A mudança de prazos para suspensão da CNH já havia sido estabelecida em uma lei federal aprovada em novembro do ano passado. Segundo a regra, se o motorista é reincidente, o limite mínimo de punição passa para oito meses – até agora, era de seis meses. “Quem for notificado sobre a instauração do processo e acumular pontuação de infrações cometidas antes de 1º de novembro de 2016 ainda receberá penalidade de acordo com a regra anterior, partindo de um mês de suspensão”, informou o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de São Paulo, em nota. O órgão também explica que prazo total é estipulado de acordo com o histórico do cidadão e da gravidade das infrações que constam no prontuário. A punição de suspensão vale para motoristas que atingem 20 pontos em multas no intervalo de 12 meses. Se a pontuação é alcançada, o motorista infrator é notificado pelo Detran sobre a instauração do processo. Quando a permissão de dirigir é revogada, o condutor precisa ir até um posto do departamento de trânsito e entregar o documento, que é devolvido só após o prazo de suspensão correr e depois que o motorista apresentar um certificado de conclusão de um curso de reciclagem. 

Jatinho que levava dupla Maiara e Maraisa sai da pista no Paraná

Um jatinho que levava a dupla sertaneja Maiara e Maraisa acabou saindo da pista no Aeroporto de Maringá, norte do Paraná, na tarde deste domingo (15). De acordo com informações da assessoria de imprensa das cantoras, o incidente ocorreu após o pneu da aeronave estourar. Ainda segundo a assessora, ninguém ficou ferido e elas seguiram viagem em outro avião. Maiara e Maraisa se apresentaram em Maringá na noite de sábado (14) e, conforme a assessoria, foram para São Borja (RS), onde vão cumprir a agenda de shows. Maiara e Maraisa se apresentaram em Maringá na noite de sábado (14) e, conforme a assessoria, foram para São Borja (RS), onde vão cumprir a agenda de shows.

FPM: Tesouro Nacional avisa que dinheiro das prefeituras vai diminuir nos próximos 3 meses

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou as previsões de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para os meses de outubro e novembro. Além deles, também há previsões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para os próximos repasses de setembro. Os números indicam diminuição de recursos para as prefeituras, em comparação com os mesmos repasses de 2016. A Federação dos Municípios já orienta os gestores municipais atenção redobrada com os recursos municipais, devido à queda dos valores. O sufoco é grande para milhares de prefeitos, que em muitos casos já estão com salários de servidores atrasados, entre outras despesas.

Carro que levava filho de Michel Temer para a aula capota em Brasília

O carro que levava o filho do presidente Michel Temer (PMDB) para a faculdade capotou nesta quinta-feira (24) após se envolver em um acidente na Asa Sul, em Brasília. Eduardo, de 18 anos, estava indo para a universidade quando ocorreu o acidente. Ele não se feriu e após o acidente foi para a aula. O automóvel era dirigido pelo sargento do Exército Paulo Sérgio Florêncio, que é lotado na Vice-Presidência da República. Há um ano ele ocupa o cargo de assistente da Assessoria Militar da Presidência. O Palácio do Planalto não quis comentar o episódio.

Programa ‘Cisternas’ ganha prêmio como uma das políticas públicas mais relevantes no combate à desertificação

O Programa Cisternas, uma política pública de acesso à água que possibilita às famílias rurais do Semiárido brasileiro viver na região, foi considerada a segunda iniciativa mais importante do mundo no combate à desertificação. O reconhecimento vem do Prêmio Política para o Futuro 2017, o único que homenageia políticas em vez de pessoas a nível internacional. A divulgação do Prêmio Prata para a política brasileira foi anunciada hoje (22). A cerimônia de entrega da premiação será em 11 de setembro, durante a 13º Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas, em Ordos, na China. O prêmio, uma iniciativa do World Future Council que, este ano, teve a parceria da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD), atesta a efetividade das ações de convivência com o Semiárido como uma política pública com potencial para reverter a degradação do solo, que impossibilita a produção de alimentos, abandono das regiões afetadas pela sua população, fome e miséria. A desertificação afeta 58% da área do Semiárido, onde vivem 11,8% brasileiros e brasileiras, muitos deles em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Leia a reportagem completa >>

Oposição transforma Lula em ‘vítima’ e ex-presidente ainda arrasta multidões

A tentativa de suspender o título de doutor honoris causa concedido pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi bem sucedida e o vereador de Salvador, Alexandre Aleluia (DEM), autor da ação popular obteve vitória expressiva na empreitada. Às vésperas da concessão, o juiz da 10ª Vara da Fazenda Federal suspendeu a sessão do conselho universitário que aprovou a honraria e colocou água no pleito da militância petista – sim, é necessário que se admita que a origem da homenagem foi político-partidária disfarçada de proselitismo acadêmico. Porém, ao conseguir uma vitória na cassação de um título de “doutor honoris causa”, a oposição transforma Lula no que o ex-presidente se tornou especialista nos últimos anos: “vítima”. Desde a chegada dele ao Palácio do Planalto, em 2003, a oposição usou repetidas vezes a fórmula de atacar o ex-presidente com todas as armas possíveis, chegando ao nível de adotar um boneco inflável com a inscrição 13-171, uma referência ao PT e ao crime de estelionato, como símbolo-mor do combate à corrupção, o Pixuleco. Enquanto o processo de vitimização de Lula era inflado pela oposição, o petista resistiu ao mensalão em 2006, fez sua sucessora, a ex-presidente Dilma Rousseff, e agora aparece bem colocado nas pesquisas de intenção de voto para 2018. Corre o risco de ficar inelegível caso se confirme a condenação em segunda instância pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro – hoje já possui uma pena de 9 anos e seis meses pelos crimes, após decisão do juiz Sérgio Moro.

Leia o comentário completo >>

Nova pesquisa: Lula lidera e ganha todos adversários em todos cenários

Ele é considerado o melhor presidente que o Brasil já teve para 55% dos brasileiros; 58% o consideram bom administrador; 65% que é trabalhador; e 61% dizem que a vida melhorou nos governos do PT. São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria em todos os cenários se as eleições presidenciais fossem hoje. De acordo com pesquisa do Instituto Vox Populi, realizada a pedido da CUT, Lula teria 53% dos votos se disputasse um segundo turno com Jair Bolsonaro (PEN) ou com o prefeito paulistano, João Doria (PSDB). E teria 52% no confronto com Marina Silva (Rede) ou com Geraldo Alckmin (PSDB).

É Brasil: Pego em flagrante, bandido reincidente ri de policial após juiz mandar soltá-lo; veja o vídeo

Um caso revoltante vem repercutindo nas redes sociais. No Alagoas, após prender um bandido que já utilizava tornozeleira eletrônica, por quebra da medida cautelar, um policial é orientado por um juiz de execuções a soltá-lo. O policial argumenta que o bandido deveria ser recebido pelo Centro de Operações Penitenciárias (COPEN), orgão responsável em função de o elemento ser reincidente e estar usando tornozeleira eletrônica. O COPEN, porém, informou que o elemento deveria ser levado para a Central. Na Confusão, o policial contatou o juíz que informou que o policial deveria liberá-lo.

Veja o vídeo:

Governador Rui Costa exonera secretários para ajudar Temer a barrar denúncia

BRASÍLIA – O governador da Bahia, Rui Costa (PT), exonerou nesta terça-feira, 1º, dois secretários estaduais para que retomem os mandatos de deputado federal e ajudem a barrar a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer na votação desta quarta-feira, 2, no plenário da Câmara dos Deputados. Costa destituiu os secretários de Desenvolvimento Urbano, Fernando Torres (PSD), e de Relações Institucionais, Josias Gomes da Silva (PT). Torres e Silva devem abster-se na votação do parecer. Esse posicionamento é favorável a Temer, uma vez que cabe à oposição arranjar os 342 votos para aprovar a abertura de investigação. Os suplentes deles eram, respectivamente, Robinson Almeida (PT) e Davidson Magalhães (PCdoB), que tinham declarado voto contra o presidente. Aliados justificam que o afastamento de Temer do cargo, caso a denúncia seja aceita, não interessa a Costa. Isso porque o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiria o comando do País, fortalecendo o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que deve disputar o governo da Bahia em 2018 contra Costa. Nos bastidores, fala-se ainda que a “ajuda” envolveu promessa do Planalto de liberar empréstimos ao governo baiano. Procurado, Costa não se pronunciou.

Lula ironiza sentença de Moro e diz que não há provas sobre propriedade de tríplex; assista o pronunciamento do ex-presidente

Lula deu um recado nesta quinta-feira (13), em coletiva na sede do Partido dos Trabalhadores em São Paulo, para aqueles que querem seu fim político. “Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara. Me esperem, porque somente quem tem o direito de decretar o meu fim é o povo brasileiro”, afirmou. “Se alguém pensa que, com essa sentença, me tiraram do jogo, eu tô no jogo.” “Eu não sei como alguém consegue escrever trezentas páginas para não dizer absolutamente nada de provas contra o cidadão que ele quer condenar”. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que esperou até ter conhecimento da sentença para se pronunciar sobre a decisão de Moro no processo do triplex do Guarujá. Lula agradeceu a todos que participaram de sua defesa e disse ter certeza de que a verdade neste caso será reestabelecida. “Não é possível acreditar no estado democrático de direito sem acreditar na Justiça. E eu acredito na Justiça. E a única prova que tem nesse processo é a prova da minha inocência”.

Assista na íntegra o pronunciamento do ex-presidente Lula:

Pagamento de boletos vencidos em qualquer banco começa nesta segunda

A partir de segunda-feira (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começará a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária. Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil. O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco. A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação. Conforme as datas de adoção da nova plataforma e as faixas de valores, os bancos deixarão de aceitar boletos sem o CPF ou o CNPJ do pagador. Os clientes sem esses dados serão contatados pelos bancos para refazerem os boletos.

STF considera que determinar exclusão de reportagem que não seja falsa é censura

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou uma decisão de primeiro grau que havia determinado que um portal de notícias excluísse uma reportagem. Em sua justificativa, o ministro Edson Fachin afirmou que não se trata de informações “manifestamente falsas ou infundadas”, além de haver interesse público na informação. Em primeira instância, a 11ª Vara do Juizado Especial Cível de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, determinou a exclusão de uma reportagem no portal Midiamax sobre o furto de equipamento em uma emissora de televisão. Para Fachin, essa decisão se configura como “nítido ato censório sem que se tenha procedido à adequada justificação da medida”. No relatório, o ministro considerou que a matéria possui tom descritivo e se limita a informações obtidas por meio da Polícia Civil.

Boleto vencido pode ser pago em qualquer banco a partir de segunda (10)

A implantação da nova plataforma de cobrança dos boletos bancários, que estava prevista para valer a partir de março, foi prorrogada e terá início a partir de segunda-feira 10 de julho. A informação foi divulgada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). “As instituições optaram por postergar a primeira onda de validações de boletos a fim de garantir que o sistema já esteja integrado e sendo alimentado pelas plataformas de todos os bancos”, explicou a entidade por meio de nota. Pelo novo modelo, boletos bancários que tenham passado da data de vencimento poderão ser pagos em qualquer banco. A medida será implantada de forma escalonada e começará com os boletos de valor igual ou acima de R$ 50 mil, a partir do dia 10 de julho. Em dezembro de 2017, a mudança será estendida para boletos de qualquer valor, seguindo o cronograma divulgado pela Febraban.

Página 1 de 1712345...10...Última »