Anuncie aqui!

Homem invade missa, mata cinco e comete suicídio na Catedral de Campinas

Um homem matou cinco pessoas e deixou três feridas após invadir uma missa na Catedral Metropolitana de Campinas, em São Paulo, na tarde desta terça-feira (11), segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Bombeiros e Polícia Militar. O suspeito pelos disparos na igreja, de acordo com as corporações, cometeu suicídio em seguida. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o suspeito teria entrado na Catedral com uma pistola e um revólver calibre 38, e se matado em frente ao altar após os crimes.

Os mortos não foram identificados e a polícia investiga a motivação do crime. A princípio, a informação recebida pela EPTV é de que houve um assalto antes, mas autoridades negaram. A terceira vítima também estaria em estado estável, segundo o Samu, mas não há informações sobre para qual unidade ela deve ser encaminhada. O entorno da Catedral está isolado e câmeras de monitoramento da CinCamp registraram a movimentação na área.

Bolsonaro anuncia filósofo colombiano como ministro da Educação

O presidente da República eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou na noite desta quinta-feira o filósofo colombiano Ricardo Vélez Rodríguez como futuro ministro da Educação. A indicação de Rodríguez, professor Emérito da Escola de Comando e estado Maior do Exército, foi feita por meio do Twitter, assim como Bolsonaro fez com os integrantes do primeiro escalão do governo que começa em janeiro. Vélez Rodríguez se formou em Filosofia pela Universidade Pontifícia Javeriana em 1964, graduou-se em Teologia no Seminário Conciliar de Bogotá em 1967, concluiu o mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) em 1974, e o doutorado em Filosofia pela Universidade Gama Filho em 1982. Professor associado da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o futuro ministro é autor de A Grande Mentira – Lula e o patrimonialismo petista, publicado em 2015. Em seu perfil no Facebook, refere-se a petistas como “mortadelas” e “petralhas”.

Continue Lendo

Após eleito, Bolsonaro continua recebendo ameaças na internet

Após ser eleito presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) continua recebendo ameaças na internet. De acordo com o jornal O Globo, o serviço de inteligência da Polícia Federal (PF) investiga duas novas contra o capitão da reserva. Dois vídeos que circulam nas redes sociais mostram homens armados fazendo ameaças e falando em atirar contra ele. Num dos vídeos, um homem exibe uma submetralhadora em direção a uma rua escura e, sem mostrar o rosto, faz ameaças. No outro vídeo, um homem segura duas pistolas e diz: “Bolsonaro, tu vai entrar na bala”. Ele está de frente para a câmera e mostra o rosto, sem qualquer receio de ser reconhecido. A PF está tentando identificar e localizar os autores das ameaças. Para os agentes, tudo indica que são bandidos de alguma facção criminosa.

Facebook fica fora do ar e usuários reclamam

O Facebook está fora do ar na tarde desta segunda-feira (12). Ao tentar entrar no site, uma mensagem informa ao internauta que o site está com erro e que a plataforma está trabalhando para que o acesso seja reestabelecido. Não há informações se o erro atinge todos os usuários. Algumas pessoas utilizaram o Twitter para reclamar da dificuldade de acessar a rede social de Mark Zuckerberg. 

Boleto vencido agora poderá ser pago em qualquer banco

Em Bom Jesus da Serra, pague seus boletos e demais contas no Correspondente Bancário da Farmácia Para Todos.

Desde o último dia 27, boletos de R$ 0,01 ou mais — ou seja, de qualquer valor — já são oficialmente aceitos para pagamento em todos os bancos, mesmo se estiverem vencidos. A decisão vale inclusive para pagamento via internet banking ou caixa eletrônico. Essa possibilidade é efeito da implementação da penúltima fase da Nova Plataforma de Cobrança. Esse sistema foi desenvolvido para, entre outros motivos, tornar o boleto bancário mais seguro e cômodo. O novo sistema exige que cada boleto seja registrado com dados como nome e CPF/CNPJ do pagador, CPF/CNPJ do emissor, valor e data de vencimento. Com essas informações, os bancos esperam diminuir a incidência de fraudes e abrir espaço para algumas facilidades, entre elas, permitir pagamentos de boletos vencidos em qualquer banco. Os cálculos de juros são feitos automaticamente. Via de regra, até pouco tempo atrás só era possível pagar boletos atrasados com uma nova via ou indo ao banco emissor.

Continue Lendo

Governo Federal: Sérgio Moro aceita convite de Bolsonaro para comandar o Ministério da Justiça

O juiz federal Sérgio Fernando Moro aceitou nesta quinta-feira (1º) o convite do presidente eleito Jair Messias Bolsonaro  para chefiar o Ministério da Justiça. Os dois estiveram reunidos nesta manhã no Rio de Janeiro. Moro chegou na casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, um pouco antes das 9 horas. Ele veio de Curitiba em voo de carreira e sem seguranças. Durante voo de Curitiba para o Rio de Janeiro, Sergio Moro afirmou à reportagem da TV Globo que não havia nada definido e que aceitar o convite para assumir o ministério dependia de agenda anticorrupção e anticrime organizado para o Leia +…

Dicas do BJN: O Whatsapp Atualizou e FINALMENTE Chegou o que MUITA GENTE estava Esperando! confira

Pesquisa Ibope: Na cidade de SP, Haddad aparece com 51% dos votos, e Bolsonaro, 49%

A pesquisa Ibope divulgada na última terça-feira (23) mostrou que, na capital de São Paulo, Fernando Haddad (PT) aparece com 51% dos votos válidos na disputa à Presidência. Jair Bolsonaro (PSL), por sua vez, registra 49% dos votos. Como a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos, os presidenciáveis estão tecnicamente empatados. Os votos válidos, mesma categoria usada pela Justiça Eleitoral na apuração final, excluem os brancos, nulos e indecisos. Na pesquisa nacional, Bolsonaro aparece com 57% dos votos válidos em todo o Brasil, enquanto Haddad tem 43%. Leia mais >>

Pesquisa Ibope: Bolsonaro tem 57% dos votos válidos no 2º turno; Haddad, 43%

A cinco dias do segundo turno da eleição presidencial, Jair Bolsonaro (PSL) tem 57% dos votos válidos, contra 43% para Fernando Haddad (PT), aponta pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23). A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Na pesquisa anterior do Ibope, divulgada no dia 15, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41%. Os votos válidos são aqueles usados pela Justiça Eleitoral para determinar o resultado da eleição. São os votos dados diretamente em um dos candidatos, descontados os brancos e nulos.

Leia mais >>

Bolsonaro tem 54% dos votos válidos no segundo turno; Haddad, 46%

A primeira pesquisa eleitoral do segundo turno mostrou que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com 54% das intenções de votos válidos. De acordo com o levantamento feito pela consultoria de pesquisa Ideia Big Data, o Candidato do PSL tem oito pontos de vantagem em relação a Fernando Haddad, representante do PT. O ex-prefeito de São Paulo teria 46% das intenções de voto. A pesquisa encomendada pela revista Veja ouviu 2.036 eleitores das cinco regiões do país entre a última segunda e esta quarta-feira (10). A margem de erro é de 2,67% pontos percentuais para mais ou para menos. O número de registro no TSE é BR-09687/2018. Bolsonaro chegou ao segundo turno com a preferência de 46,03% do eleitorado (ou 49,2 milhões de votos). Haddad teve 29,28% dos votos válidos (31,3 milhões de votos).

Haddad sobe a 22%; Bolsonaro tem 28%, mas se enfraquece no 2º turno, diz Datafolha

A nove dias do primeiro turno da eleição presidencial, Fernando Haddad (PT) subiu seis pontos e consolidou-se em segundo lugar na corrida eleitoral, com 22%. Ela segue sendo liderada por Jair Bolsonaro (PSL), que se manteve estável com 28%, mas perdeu fôlego nas simulações de segundo turno, sendo derrotado em todas elas. A dupla lidera também no quesito rejeição do eleitor, indicando a polarização na disputa. Os dados estão na nova pesquisa do Datafolha. Nela, Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) empatam tecnicamente no terceiro posto. Marina Silva (Rede) murchou para um distante quarto lugar.

Após se declarar contra Bolsonaro, Marília Mendonça é ameaçada e apaga vídeo

Após ter se manifestado através de um vídeo contra o candidato de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República, a cantora Marília Mendonça recebeu ameaças e decidiu apagar a gravação publicada em seu perfil no Instagram. Em uma nova publicação, a sertaneja postou uma foto em que aparece ao lado da mãe e do irmão e lamentou o ocorrido após seu posicionamento aderindo à campanha “Ele Não”. “Essa sou eu, aquela é minha mãe e aquele é meu irmão. Minha família é constituída dessas 3 pessoas, que juntas acreditaram nas promessas de Deus e nos seus sonhos. Eu sou uma menina de 23 anos, cheia de amigos das mais variadas formas e conceitos que sempre respeitou o seu espaço, e construiu com apenas algumas boas torcidas e muita fé, o que tenho hoje. Em uma noite, tudo o que foi construído com amor e carinho foi apagado na mente de algumas pessoas. Me sinto mal e minha cabeça dói por imaginar que anos de luta se basearam nisso, no final das contas”, iniciou.

Continue Lendo

Bahia: Estado deve implantar novas placas de veículos nas próximas semanas

Nova placa promete ser anti-clonagem, tecnológica e colorida; Rio já usa, e nove estados adotarão em breve.Ela é cheia de modernidades, promete muito mais segurança e chama atenção. Mas a “placa Mercosul” ainda carrega velhos processos, curiosamente.Mais nove estados vão aderir em breve, nas próximas semanas, à “placa Mercosul”. Segundo o Denatran, Acre, Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Sergipe e Rondônia estão “com processos avançados para implantação das novas placas”.

Leia a matéria completa >>

Pesquisa Ibope: Bolsonaro lidera com 28%; Haddad sobe 11 pontos em 7 dias e tem 19%

Com 28% das intenções de voto, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) manteve a liderança na pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (18), que mostra Fernando Haddad (PT) isolado em segundo lugar com 19% — ele cresceu 11 pontos percentuais em uma semana. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Na pesquisa Ibope de terça-feira passada (11), Bolsonaro tinha 26%, enquanto Haddad estava com 8%. Com a ascensão, o petista deixou a situação de empate técnico que tinha com Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) para ficar isolado no posto.

Leia a reportagem completa do UOL >>

Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 28,2%; Haddad tem 17,6% e Ciro 10,8%

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) lidera a disputa ao Palácio do Planalto com 28,2% das intenções de voto, segundo pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgada nesta segunda-feira (17). Em segundo lugar, aparece Fernando Haddad (PT), com 17,6% da preferência dos entrevistados. A margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Ciro Gomes (PDT) vem em terceiro, com 10,8%. Os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) aparecem tecnicamente empatados em quarto lugar, considerada a margem de erro. Leia a reportagem completa no UOL >>

Ciro Gomes venceria todos adversários no 2º turno, diz Datafolha

A pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 14, fez projeções para dez cenários de segundo turno na corrida presidencial, considerando os nomes de Jair Bolsonaro (PSL), Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede). Conforme o instituto de pesquisas, Bolsonaro, que lidera o levantamento no primeiro turno, seria derrotado por Ciro e empataria com Alckmin, Marina e Haddad dentro da margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. As projeções também mostram que Ciro Gomes venceria todos os adversários na parte decisiva da eleição, enquanto Fernando Haddad seria derrotado por todos, menos Bolsonaro. Considerando que o voto por exclusão ganha força no segundo turno, o desempenho de Ciro pode ser interpretado como reflexo de seu índice de rejeição, 21%, o menor entre os cinco presidenciáveis cujos nomes foram testados pelo Datafolha. Neste quesito, os eleitores respondem em quais candidatos não votariam de jeito nenhum. Jair Bolsonaro é o mais rejeitado, com 44%; seguido por Marina, com 30%; Haddad, com 26%; e Alckmin, com 25%. Os números são superiores a 100% porque os entrevistados podem indicar mais de um candidato.

Leia a reportagem completa da Veja >>

CNT/Vox Populi: Haddad passa Bolsonaro e lidera quando aparece como apoiado por Lula

O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), ultrapassa Jair Bolsonaro (PSL) e assume a liderança das intenções de voto quando apresentado como candidato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). É o que mostra a pesquisa CUT/Vox Populi, divulgada nesta quinta-feira (13). Quando colocado na condição de “apoiado por Lula”, Haddad alcança 22%, enquanto Bolsonaro cai para segundo, com 18%. Veja abaixo os resultados completos deste cenário da pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados ao entrevistado:

Fernando Haddad (PT), apoiado por Lula – 22%
Jair Bolsonaro (PSL) – 18%
Ciro Gomes (PDT) – 10%
Marina Silva (Rede) – 5%
Geraldo Alckmin (PSDB) – 4%
Outros – 5%
Ninguém/Branco/Nulo – 21%
Não soube ou não respondeu – 16%

Continue Lendo

PT anuncia candidatura de Fernando Haddad à Presidência no lugar de Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) anunciou nesta terça-feira (11) que Fernando Haddadconcorrerá à Presidência da República no lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve o registro de candidatura rejeitado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo dado pelo TSE para o partido apresentar à Justiça Eleitoral o substituto de Lula terminava às 19h desta terça. Na chapa original, Haddad era o vice. Na nova formação, a candidata à vice-presidência será Manuela D’Ávila, do PCdoB.

Pela manhã, a executiva nacional do partido se reuniu em um hotel na capital paranaense. Haddad participou do encontro e chegou à Superintendência da PF, onde Lula está preso, às 15h30. Após se reunir com o ex-presidente, Haddad deixou o prédio da PF por volta das 17h15 e falou para a militância que esperava do lado de fora. Subiram o palanque com ele Manuela D’Ávila, a ex-presidente Dilma Rousseff, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman, e outros membros do partido. Leia a matéria completa >>

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro, 24%; Ciro, 13%; Marina, 11%; Alckmin, 10%; Haddad, 9%

A nova pesquisa Datafolha mostrou que os candidatos ao Palácio do Planalto pouco oscilaram após o atentado contra Jair Bolsonaro (PSL). O deputado aparece com 24% (antes tinha 22%). Ciro Gomes aparece logo em seguida, com 13%. O levantamento foi divulgado pela TV Globo na noite desta segunda-feira (10). A margem de erro é de 2%, apara mais ou para menos.

Veja os números:

Jair Bolsonaro (PSL): 24%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Marina Silva (Rede): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 10%

Continue Lendo

Eleições 2018: Após sofrer atentado, Jair Bolsonaro vai a 30%; Ciro tem 12%, diz BTG Pactual

A primeira pesquisa realizada inteiramente após o atentado sofrido na última quinta-feira (6) pelo candidato da coligação “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, indica que ele chegou a 30% das intenções de voto. O levantamento foi realizado pela FSB Pesquisa, que foi contratada pelo banco de investimentos BTG Pactual. O estudo teve 2.000 entrevistas em todo o país, nos dia 8 e 9 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-01522/2018. Em 2º lugar aparece Ciro Gomes (PDT), com 12%, que na realidade está empatado tecnicamente na margem de erro com os 3 candidatos que vêm a seguir, todos com 8%: Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT).